PARANOA PARQUE

ITAPOÃ

PARANOÁ

Top mais NPP

Brasilia

Você está aqui

ARTIGO: Mais uma chance para Brasília



*Assim como o mundo político e a sociedade, que ainda torcem e esperam pelo início do atual Governo de Brasília, vi com surpresa o “pedido de demissão” do chefe da Casa Civil, Hélio Doyle, na última quarta-feira (10).

Antes de me aprofundar no assunto, quero compartilhar a reação que pronunciei apenas para mim, mas com uma convicção de silenciar tudo à minha volta: “Esta é mais uma chance para Brasília!”.

Personagem de destacada atuação na campanha do governador Rodrigo Rollemberg, Hélio Doyle refirmou a sua capacidade para entrar no Palácio do Buriti pela porta da frente e ser convidado a se retirar pela porta dos fundos, muito antes do fim dos governos de Cristovam Buarque, Joaquim Roriz e Rodrigo Rollemberg. Dessa vez, o ex-chefe da Casa Civil ocupou um telejornal da principal emissora para acusar o Poder Legislativo local de práticas não republicanas. Hélio Doyle fez isso sem prova nenhuma, como ele mesmo admitiu. Acusou os parlamentares de fazerem lobby a favor de empresas, de pedirem cargos e outras coisas mais. Infelizmente, a prática do lobby no Brasil ainda não foi regulamentada, ao contrário do que há nos Estados Unidos. Para se fazer justiça, o então senador Marco Maciel, há mais de 25 anos, fez proposta neste sentido no Senado, a fim de disciplinar o lobby de grupos sociais e de empresas. Se a atividade estivesse regulamentada, Doyle estaria em maus lençóis e teria de provar as acusações.

As declarações são graves, estão gravadas pelas emissoras de TV, e o Ministério Público ainda não chamou ninguém para ser ouvido. Ao acusar sem provas, Hélio Doyle adota comportamento leviano e tenta transferir para o Legislativo a culpa pela sua queda, causada principalmente pela própria incapacidade de diálogo. É claro que a Câmara Legislativa não o engoliu desde o primeiro dia do governo que ele pensou ser dele, tentado mandar mais do que o governador eleito. Ficou evidente que o então chefe da Casa Civil não fazia o menor esforço para compreender o apelo dos parlamentares que batiam à porta do Buriti para, de forma legítima, levar as reivindicações da sociedade que representam. O ex-secretário tampouco entendeu as derrotas do Governo de Brasília na Câmara, demonstrando pouco apreço pela independência dos poderes e pela harmonia entre eles.

Voltando à minha primeira exclamação sobre o episódio, espero que o governador Rollemberg compreenda tudo isso como uma oportunidade que o destino lhe deu para finalmente fazer começar o seu governo. Pessoas qualificadas não lhe faltam, e, tendo a humildade de sempre, muitas delas estão aptas e disponíveis para que Brasília não perca essa chance.


É indispensável que Rollemberg desmonte tudo de errado que tentaram fazer em seu nome. A centralização doentia tem de ser completamente revista. Além de não promover a economia fantasiosamente anunciada, essa orientação travou o governo e revelou uma inoperância nunca antes vista na máquina administrativa da capital. Uma arma poderosa é a comunicação, utilizada de forma incompetente no governo passado. Agora, o setor pode ser reavaliado do ponto de vista da comunicação com a sociedade e de forma estratégica. Para isso, não pode ficar nas mãos de vaidosos, que apenas desejam administrar o polpudo orçamento da área.

Brasília vive a expectativa de que o governador eleito pela população elimine qualquer dúvida sobre o seu papel de protagonista das mudanças desejadas pela maioria da sociedade. Somente com o diálogo e uma melhor comunicação por parte do Buriti será possível construir soluções efetivas e dentro da legalidade para gargalos como a crise na saúde, os problemas de mobilidade urbana, as ameaças da criminalidade e a demanda legítima pela regularização definitiva de todos os condomínios.

*Wander Azevedo
Diretor Executivo da Associação Comercial do Jardim Botânico
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Curtir ALEX ALVES

Apoio Cultural

Apoio Cultural
Programa Salve Jorge

ALEX ALVES

Postagem em destaque

Novas paradas de ônibus foram instaladas no Paranoá Parque!

As primeiras paradas foram instaladas no Paranoá Parque, atendendo demanda antiga dos moradores, ao total dez abrigos foram colocados em...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Vizualizações